quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Dia Mundial do Coração



'Um Mundo, um Lar, um Coração'

Dia Mundial do Coração comemora-se hoje sob lema de incentivo à prática de hábitos saudáveis


'Um Mundo, um Lar, um Coração'


"Um mundo, um lar, um coração" é o mote das comemorações do Dia Mundial do Coração, hoje assinalado. Ao longo deste dia, a Fundação Portuguesa de Cardiologia (FPC) dinamiza diversas atividades que visam reforçar a prática de atividades físicas e desportivas e de um estilo de vida ativo para um melhor coração e uma vida mais saudável.

As diversas atividades, previstas para comemorar este Dia Mundial do Coração, têm o intuito de sensibilizar para a promoção da saúde cardiovascular, e passam por aulas de ginástica, rastreios de saúde, distribuição de material informativo, entre outros.
Fique com algumas orientações,  sugeridas pela Fundação Portuguesa de Cardiologia, para diminuir a prevalência das doenças cardiovasculares:

1. Deixar de fumar em casa -  e sempre que alguém se lembre de fumar, porque não atribuir-lhe uma tarefa doméstica?
2. Assegurar que as refeições na escola, no trabalho ou em casa são sempre saudáveis;
3. Certifique-se que o jantar inclui, pelo menos, 2 ou 3 doses de vegetais por pessoa;
4. Reduza para duas horas por dia o tempo que você e a sua família passam em frente a televisão;
5. Organize atividades ao ar livre, envolvendo toda a família, como por exemplo, jogar à bola ou andar de bicicleta;
6. Sempre que possível, ande a pé;
7. Conheça os seus números cardiovasculares, isto é, consulte o seu médico ou outro profissional de saúde que possa medir o colesterol, tensão arterial e glicose.
A FPC considera também fundamental que os portugueses reconheçam os sinais e os sintomas de um ataque cardíaco e de um acidente vascular cerebral (AVC).


Alguns sinais de aviso de ataque cardíaco:

• Mal-estar no peito, incluindo sensação de compressão ou dor no meio do peito, por detrás do esterno;
• Mal-estar e/ou dor que alastra a outras áreas da parte de cima do corpo, como um ou ambos os braços, as costas, o pescoço, o maxilar ou o estômago;
• Falta de ar, com ou sem mal-estar no peito; 
• Outros sinais incluem fraqueza ou fadiga inexplicáveis, ansiedade ou nervosismo pouco habitual, indigestão ou dor como se tivesse gases ou suor frio súbito, náuseas, vómitos, tonturas ou colapso.
Alguns sinais de aviso de acidente vascular cerebral:
• Fraqueza súbita da face, dos braços ou das pernas, a maior parte das vezes apenas de um dos lados do corpo;
• Confusão súbita, dificuldade em falar ou compreender;
• Dificuldade súbita em ver de um ou ambos os olhos;
• Cefaleia forte, súbita, sem qualquer causa conhecida.
Se suspeitar de um membro da família está a ter um ataque cardíaco ou um AVC, procure de imediato o apoio médico.

Fonte: Sapo

Wook