sábado, 20 de setembro de 2014

Cinema - Lucy


Um thriller de ação sobre uma mulher que se envolve acidentalmente num negócio obscuro, que acaba por dar uma reviravolta e se transformar numa implacável guerreira que evolui além da lógica humana.


"Lucy é uma jovem norte-americana a estudar na cidade de Taipé, capital de Taiwan. Um dia, é forçada a transportar uma droga sintética chamada CPH4, que terá de carregar dentro do próprio corpo numa viagem à Europa. Quando é apanhada e violentamente agredida, rompe-se o saco de estupefacientes que estava dentro de si e a droga é lentamente assimilada pelo seu organismo. Como resultado, Lucy começa a sentir uma série de efeitos físicos e mentais que se revelam poderes sobre-humanos: força, telecinesia, ausência de dor e uma excepcional capacidade de absorver conhecimentos de todo o género. Quando se consegue livrar dos captores e regressa ao seu apartamento, Lucy, transformada numa verdadeira máquina de matar, tem apenas uma coisa em mente: encontrar uma forma de parar os efeitos e salvar a sua vida. É então que, numa pesquisa pela internet, se depara com o nome de Samuel Norman, um professor universitário que dedicou a sua carreira a investigar todos os processos executados pelo cérebro humano. Segundo os seus estudos, uma pessoa normal usa apenas 10% da total capacidade cerebral, sendo os outros 90% um mundo desconhecido de competências por explorar. Compreendendo que toda a esperança reside no trabalho de Dr. Norman, Lucy sabe que não tem alternativa senão confiar nele. É assim que, entre os dois, se inicia uma parceria que os levará mais longe do que alguma vez poderiam imaginar, muito para além de toda a racionalidade…"

Gostei do filme, mas admito que na parte final esperava mais. Mas sem dúvida que me fez colar ao ecrã.

Wook